"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)



sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Um ano de uma eterna saudade...

2 comentários :

  1. "um outro anjo"sexta-feira, novembro 25, 2011

    Olá Anjo...

    Um ano...
    Bom, que te poderia eu dizer aqui neste momento que não tenha dito antes? É isso, uma estrela lá em cima (nesta nossa lógica humana) brilha de forma diferente há um ano.
    Foi por esta hora que te escrevo agora aqui que o teu passarinho te olhou com a ternura e o amor de mão e deixando o sopro de Vida partiu para a Vida, aquela Eterna em que sempre acreditou.
    Esse olhar que lançou sobre ti nesse momento de Vida, como tu mesmo disseste, foi a expressão e atitude máxima de quem sabe que está acompanhada, que tem o caminho aberto porque Consagrada, e que deixa anjos neste mundo para cuidar do que ela não pode mais fazer aqui na terra mas que, lá do Céu continuará a cuidar.
    Saudade muita, claro que sim, só não sente saudade quem não amou alguma vez na vida. Nada cura tal sentimento tão nobre do nosso ser, nada colmatará a ausência que a essa saudade leva. Mas tenho certeza, ah se tenho! A sadade aviva cada vez mais os sentimentos de quem ama e de quem é amado.

    Em CRisto todos voltamos à Vida e com Maria, a Redemptoris Mater, somos conduzidos ao Seio do Pai, pelo Filho e no Espírito.
    S. João ao falar da Ressurreição de Jesus afrma que "ele o testemunha porque assim o viu", ele foi testemunha ocular desse Cristo que está vivo.
    Faço minhas as palavras do Evangelista para testemunhar que o olhar de Vida da tua mãe, faz agora mesmo um ano, foi olhar de quem se reencontrou com a Vida.
    Tu... continua a amar e a testemunhar a Fé que a tua mãe viveu, celebrou, cantou e testemunhou.
    Estou...

    "um outro anjo"

    ResponderEliminar
  2. O tempo passa rápido, mas a dor da saudade nunca vai embora...
    Beijos, minha anjinha querida!!!

    ResponderEliminar