"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)



sexta-feira, 31 de outubro de 2008


'Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.'
(Albert Schwweitzer)

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Da Sininho...


"Não sei... se a vida é curta ou longa demais para nós,

Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,

se não tocamos o coração das pessoas.


Muitas vezes basta ser:

Colo que acolhe,

Braço que envolve,

Palavra que conforta,

Silêncio que respeita,

Alegria que contagia,

Lágrima que corre,

Olhar que acaricia,

Desejo que sacia,

Amor que promove.


E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais,

Mas que seja intensa, verdadeira, pura...


Enquanto durar"


(Cora Coralina)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

MUDANÇAS...



Estou em mudanças...

A ideia de uma Amiga criar um Blog e um Amigo renovar o seu, fez-me olhar para o "Angels" e pensar que a imagem dele já estava "gasta".

Então, resolvi mudar!

Aos poucos vou percebendo todas as mudanças que têm acontecido comigo!

Espero que gostem!!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Maria, Santa Mãe de Deus, eu te peço...



Consagra meus olhos, olhos que vêem para além dos rostos
que encontram outros olhos que choram, olhos vazios, olhos cheios de sonhos e cheios de nadas,
que sofrem horrores e te rogam
por um dia de Paz...
Maria, Santa Mãe de Deus, eu te peço...
Consagra meu sorriso, sorriso cada vez mais ténue no rosto de um adulto, tão raro num sem-abrigo,
tão inexistente numa mãe de um toxicodependente...
mantém a ingénua alegria das crianças e faz os Homens acreditarem novamentente que vale a pena sorrir,
ainda que com esforço, ainda que por nada,
e te pedem um momento de serenidade...
Maria, Santa Mãe de Deus, eu te peço...
Consagra meu rosto, primeiro aceno que acolhe o outro rosto
por vezes desfigurado de dores físicas e psicológicas, num último grito de vida,
esburacado, esfomeado, triste,
e que te pede mais saúde para continuar...
Maria, Santa Mãe de Deus, eu te peço...
Consagra minhas mãos, mãos de trabalho, de colo, de carinho, que abraçam outra mãos vazias,
mãos frias, envelhecidas pelo tempo, mãos esquecidas e trémulas,
mãos de medo, cheias de nada, com tanto para dar,
e que te pedem auxílio para se erguerem aos Céus...
Maria, Santa Mãe de Deus, eu te peço...
Consagra meu corpo inteiro, invólucro de uma Alma que te pede:
Maria, Santa Mãe de Deus e minha Mãe, não deixes de me amar!

Ana Catarina Rodrigues

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

"Os ventos que, às vezes, tiram algo que amamos (que conseguimos por tudo que lutamos)
são os mesmos que nos trazem algo que aprendemos a amar.
Por isso, não devemos chorar pelo que nos foi tirado.
E sim aprender a amar o que nos foi dado.
Pois tudo aquilo que é realmente nosso
Nunca se vai para sempre."
'Fernando Pessoa'




"Deus move o céu inteiro naquilo que o ser humano é incapaz de fazer.

Mas, não move uma palha naquilo que a capacidade humana pode resolver."


(antigo ditado oriental)

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Sininho II




É preciso ter força para ser firme,

Mas é preciso coragem para ser gentil.


É preciso ter força para te defenderes,

Mas é preciso coragem para baixar a guarda.


É preciso ter força para ganhar a guerra,

Mas é preciso coragem para te renderes.


É preciso ter força para manter a forma,

Mas é preciso coragem para ficar sempre de pé.


É preciso ter força para se ter certeza de que está certo,

Mas é preciso coragem para ter dúvidas.


É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,

Mas é preciso coragem para resistir às próprias dores.


É preciso ter força para disfarçar os próprios defeitos e erros,

Mas é preciso coragem para demonstrá-los e confessá-los.


É preciso ter força para ficar sozinho,

Mas é preciso coragem para pedir apoio.


É preciso ter força para sobreviver,

Mas é preciso coragem para viver.


É preciso ter força para amar,

Mas é preciso coragem para permitir ser amado.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Sininho

Desejo primeiro que você ame,

E que amando, também seja amado.

E que se não for, seja breve em esquecer.

E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo, pois, que não seja assim,

Mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos,

Que mesmo maus e inconseqüentes,

Sejam corajosos e fiéis,

E que pelo menos num deles

Você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim,

Desejo ainda que você tenha inimigos.

Nem muitos, nem poucos,

Mas na medida exata para que, algumas vezes,

Você se interpele a respeitoDe suas próprias certezas.

E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,

Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,

Mas não insubstituível.

E que nos maus momentos,

Quando não restar mais nada,

Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,

Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,

Mas com os que erram muito e irremediavelmente,

E que fazendo bom uso dessa tolerância,

Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,

Não amadureça depressa demais,

E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer

E que sendo velho, não se dedique ao desespero.

Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor

E é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,

Não o ano todo, mas apenas um dia.

Mas que nesse dia descubra

Que o riso diário é bom,

O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra ,

Com o máximo de urgência,

Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,


Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,

Alimente um cuco

Erguer triunfante o seu canto matinal

Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,

Por mais minúscula que seja,

E acompanhe o seu crescimento,

Para que você saiba de quantas

Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outros sim, que você tenha dinheiro,

Porque é preciso ser prático.

E que pelo menos uma vez por ano

Coloque um pouco dele

Na sua frente e diga “Isso é meu”,

Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,

Por ele e por você,

Mas que se morrer, você possa chorar

Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,

Tenha uma boa mulher,

E que sendo mulher,

Tenha um bom homem

E que se amem hoje,

amanhã e nos dias seguintes,

E quando estiverem exaustos e sorridentes,

Ainda haja amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer,

Não tenho mais nada a te desejar.



(Vitor Hugo)