"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)



sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Pegadas Na Areia




Uma noite tive um sonho...

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor,

e através do Céu, passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava, percebi

que eram deixadas dois pares de pegadas na areia:

um era o meu e o outro do Senhor.

Quando a última cena da minha vida

passou diante de nós, olhei para trás,

para as pegadas na areia,

e notei que muitas vezes no caminho

havia apenas um par de pegadas na areia.



Notei também que isso aconteceu precisamente

nos momentos mais dificeis e angustiosos

da minha vida.

Isso aborreceu-me,e perguntei então ao Senhor:

- Senhor, Tu disseste-me que uma vez que eu Te resolvi seguir,

Tu andarias sempre comigo, mas notei que durante as maiores atribulações do meu viver

havia, apenas um par de pegadas.

Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti,

Tu me deixastes!

O Senhor respondeu:

- Meu precioso Filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento.

Quando vistes na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí

QUE EU TE PEGUEI AO COLO!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009


Tenho uma amiga a quem não sei mais o que dizer…
Para ela, a Vida há muito deixou de ter significado…
Já perdeu quem tinha que perder…
O que apenas a sustem de pé será a Fé que tem em Deus
e provavelmente, alguns medicamentos passados pelo médico.

Como a sinto?
Provavelmente com uma eminente vontade de chorar,
ou de desistir,
vontade de deixar para trás toda a Vida que construiu e recomeçar outra que lhe faça mais sentido
que a preencha de outra forma…
mas, sem largar uma ou outra pessoa com quem partilha, não esta situação mas, o próprio sentido de Fé!

Não creio que alguma vez tenha coragem de colocar um fim nisto tudo
sem que Deus assim o decida,
mas sinto que já pensou nisso várias vezes,
acredito que já esteve perto de o fazer algumas vezes
pela angústia diária em que vive, ainda que o semblante se mostre num sorriso,
num olhar perfeito de entrega a uma profissão pelos outros,
no seu próprio altruísmo… na sua Fé!
Por ela rezo!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Parabéns... porquê?

De que vale dar os “Parabéns” por um dia a quem se diz nosso amigo se, durante um ano inteiro não o vimos, não tivemos notícias, não ouvimos a voz, olhamos nos olhos, partilhamos sentimentos…

Será porque fica bem?

Será de facto assertivo dizer-se por telemóvel “Neste dia estou contigo”… para quê? Comigo em quê? Em oração? No coração? Em espírito?

E o resto dos outros 364 dias do ano: onde estiveste?

Sim! Nos outros 364 dias em que eu lutei pelos meus, lutei por Amor, lutei para não ver morrer, sofri que nem uma louca, chorei em desespero e desejei morrer tantas vezes quantas estiveste ausente, ou pelo menos nos momentos em que muitos me deram a mão mas eu via que nenhuma era a tua.

Agora pergunto: para quê dar-te os “Parabéns”?

Porque estás vivo? De saúde? a viver um palco de mentiras, de palavras vãs, sem quaisquer actos?

Sabes… já não lamento nada! Já perdi quem tinha para perder. Só me falta uma pessoa para que a minha vida deixe de ter qualquer sentido. Portanto, tu és daquelas que falta não me faz, que saudades não me causa e, pena… eu tenho pena de ninguém!

Fica com Deus!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

"Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade"
Finalmente saiu!
A lei que proibe a captura e reprodução de animais nos Circos de todo o País
alegando os maus-tratos a que são submetidos!
Este ano, e nuns próximos, infelizmente teremos que assistir a alguns
espectáculos com os Animais já existentes mas,
desta vez com a certeza de que a seguir ao sacrifício destes,
mais nenhuns terão lugar sem que os directores circences sejam devidamente punidos.
Resta-nos a esperança de que alguém se lembre das Touradas e dos Touros de Morte!
Aguardemos.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Partilha...

Tenho uma amiga... uma pessoa das mais bonitas que conheci até hoje que, infelizmente, não acredita em si própria!
Não crê nas suas capacidades enquanto pessoa capaz de amar, de ser amada; capaz de ser respeitada como respeita os outros, capaz de se entregar como um dia alguém se entregará a ela...

... e vive os dias a destruir castelos de areia semi-construídos em meios-sonhos de adolescente apesar de, em consciência, saber que é de pedra e cal que um sonho subsiste e nos traz a Felicidade plena.


O que a impele a caminhar... não sei!

Será um Anjo que ela sabe ter a seu lado e não quer desiludir?

Serão as metas da profissão que ainda não alcançou?

Serão os amigos?...

Não sei... e, no entanto, quero crêr que não deverá ser nada disto senão o que a impele a caminhar pela Vida é ela própria: é a força dela na qual não acredita, é a alegria que sente e não demonstra, é a Fé que tem e cala, são as boas acções que comete e esconde, é a beleza que olha no espelho e tapa...


Porquê?


Em que é que eu falho porque não consigo?

Bolas! Não há quem te diga baixinho, a gritar ou aos berros o quanto vales para que te entre na cabeça que não sou só eu que acredito... que não sou só eu que te acho linda, especial e, para todos os que te rodeiam, que Tu és uma verdadeira Dádiva de Deus!!!??


Não há razão para termos medo das sombras. Apenas indicam que em algum lugar próximo brilha a luz.(Ruth Renkel)


Por favor...

terça-feira, 6 de outubro de 2009

4 de Outubro - Dia Mundial do Animal

"Senhor, fazei que eu procure mais consolar do que ser consolado, compreender do que ser compreendido, amar do que ser amado. Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna. "
(S. Francisco de Assis)

Não é novidade para ninguém o que representa São Francisco de Assis para os pequenos seres da criação e para quem os ama. Sua existência é um modelo ecológico para gerações futuras. O amor que dedicava e a humildade que tinha para com todas as pequenas criaturas, a quem chamava de irmãos, é um exemplo a ser seguido por todos nós.

Pena que os Homens da Igreja não pensem assim...