"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

3º Mês...

Hoje eu tive um pesadelo
e levantei-me a tempo!
Eu acordei com medo
e procurei no escuro
Alguém com o teu carinho, a tua imagem, o teu olhar...

Porque o passado traz-me sempre a lembrança,
de um tempo em que eu era criança
e o medo era motivo de choro
motivo para um abraço, para um consolo...

Hoje eu acordei com medo...
mas não chorei nem reclamei abrigo...
Do escuro eu via o infinito
sem presente, passado ou futuro
Senti o teu abraço forte...
Uma coisa tua que ficou em mim

e que não tem fim...

De repente, voltei a recordar-me do Mundo que eu perdi...
do quanto ficou pelo caminho
escuro, frio, mas iluminado
pela beleza do que aconteceu na minha Vida:
ter-te a ti!
um anjo




5 comentários :

  1. ANJO hoje deixei minhas lagrimas cairem silenciosamente,teu poema lindo fez doer em mim a saudade que tenho da minha mãe querida que faz dois anos partiu para o mundo espiritual,,
    mas é bom ter lembranças dos nossos entes queridos que se foram,tenha um fim de semana cheio de paz de amor e de luz,,do céu dos anjos,,bjs
    marlene

    ResponderEliminar
  2. Minha anjinha amada!
    Não fique triste, não! Tua dor dói em mim também, amiga! Vai passar... na medida do possível, querida!
    Tenha um final de semana com paz no teu coração!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  3. Anjo, doce Anjo,
    Vai descobrir certamente, tudo continua num outro Espaço! Sossegue... Não fica menos apertado e sem TANTA mágoa? Sua mãe vai vigiando voçê, estou certa! Ela à noitinha vem me pedindo: sossega o Anjo meu!
    Eu, logo venho aqui, cheia de estrelinhas e pontinhos de luz disposta a inundar o Anjo com estas meiguices... e aí me atrapalho!
    Perdão doce Anjo!

    ResponderEliminar
  4. Como vais, minha anjinha amada?
    Beijos! Muuuuuitos!

    ResponderEliminar