"Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais." (Abraham Lincoln)



terça-feira, 11 de março de 2014

Não te apaixones...

"Não te apaixones por uma mulher que lê, por uma mulher que tem sentimentos,
por uma mulher que escreve...
Não te apaixones por uma mulher culta, maga, delirante, louca.
Não te apaixones por uma mulher que pensa,
que sabe o que sabe e também sabe voar,
uma mulher confiante em si mesma.

Não te apaixones por uma mulher que ri ou chora quando faz amor,
que sabe transformar a carne em espírito;
e muito menos te apaixones por uma mulher que ama poesia (estas são as mais perigosas),
ou que fica meia hora contemplando uma pintura
e não é capaz de viver sem música .

Não te apaixones por uma mulher que está interessada em política,
que é rebelde e sente um enorme horror pelas injustiças.
Não te apaixones por uma mulher que não gosta de assistir televisão.
Nem de uma mulher que é bonita, mas, que não se importa com as características de seu rosto e de seu corpo.

Não te apaixones por uma mulher intensa, brincalhona, lúcida e irreverente.
Não queiras te apaixonar por uma mulher assim.
Porque quando te apaixonares por uma mulher como esta,
se ela vai ficar contigo ou não,
se ela te ama ou não,
de uma mulher assim,
jamais conseguirás ficar livre..."

Martha Rivera Garrido.

2 comentários :

  1. Um outro "anjo"terça-feira, março 11, 2014

    A paixão...

    É sentir-se um com o outro/a, é viver essas tantas dimensões da vida que, com todas essa variedades vitais, não obscurece os sentimentos mais nobres que só o coração conhece.
    Se a paixão leva a ficar um com o outro, só a vida o vai dizendo, mas se é paixão ela ultrapassa todas estas componentes deste texto tão fantástico, porque na paixão apenas uma coisa interessa: TU...

    Um tu que se ama e que ama, que se entrega numa cumplicidade mútua que abarca o choro e o riso, a maior ou menor cultura, a distância e a proximidade, o abraço ou o beijo, os sentimentos e o sexo como forma da maior entrega e confiança à pessoa amada.
    Nem sempre a vida conduz a este estado de alma e corpo, de presença ou ausência mas duma coisa tenho certeza, quando existe verdadeira paixão ele perdurará para sempre, ela aproxima mesmo os que fisicamente estão distantes porque só no coração, no desejo e no amor se concretiza o verdadeiro e autêntico sentimento do apaixonado.
    Como dizia St. Agostinho "ama e faz o que quiseres", ou como S. Paulo que faz os mais belos elogios ao amor.

    Ama...
    "Um outro anjo"

    ResponderEliminar
  2. E queria que a música que oiço ..... arruma aí.... adorei seu blog abraços

    ResponderEliminar